Marília em Destak

[Carregando o Sistema]
DIA 20 DE NOVEMBRO - SHOW CONSCIÊNCIA NEGRA, RESISTÊNCIA E EMPODERAMENTO

DIA 20 DE NOVEMBRO - SHOW CONSCIÊNCIA NEGRA, RESISTÊNCIA E EMPODERAMENTO

Por: Roseli

DIA 20 DE NOVEMBRO - SHOW CONSCIÊNCIA NEGRA, RESISTÊNCIA E EMPODERAMENTO
Com iniciativa do Coletivo Negras Ginga, o Auditório Municipal “Prof. Octávio Lignelli” será palco neste dia 20 de Novembro, domingo,  dia da Consciência Negra com um show mesclado com muita música, dança e artes plásticas. Com início às 19h30 e encerramento às 22h, a entrada é um kg de alimento não perecível que será doado para Grupo Maria Carolina de Jesus que destinará para famílias carentes da Vila Barros.
 
Atrações confirmadas como os cantores Yagda Campos e Neto Vicente, Alice Lourenço, Grupo TMJ, Reginah Santos, o Grupo de Dança Divas Encaracoladas do Projeto Marília Afrofest, Hip Hop como Grupo Império Urbano sob direção de Bia Rezende,  depoimentos, 10ª Exposição Coletiva de Artes “Tributo à Beleza Negra” com a participação das artistas Maria Neusa Silva e Margarida Lucio além do fotógrafo Eduardo Dantas, que está em cartaz na Galeria Municipal de Artes até 02 de dezembro, estarão abrilhantando este evento.

“Buscamos com este evento unir o povo negro de Marília mostrando a todos o quão belos somos, e que juntos somos mais fortes para combater com maior eficácia e através do diálogo e do empoderamento todas as formas de discriminação”. Segundo Jéssica Machado dos Santos, do Coletivo Negras Ginga que está voltado para as questões e discussões étnico-raciais e que prioriza e se aprofunda nas problemáticas que tange à mulher negra: racismo, machismo e sexismo e também foi responsável pelas ações no Dia Internacional da Mulher Negra Latino-americana e caribenha comemorado em julho.

“Além das atrações teremos também breves depoimentos de pessoas que passaram e passam por racismo, preconceito e como fizeram e fazem para se superar”. Finalizou.
 
Um pouco da História do Dia Nacional da Consciência Negra: Esta data foi estabelecida pelo projeto lei número 10.639, no dia 9 de janeiro de 2003. Foi escolhida a data de 20 de novembro, pois foi neste dia, no ano de 1695, que morreu Zumbi, líder do Quilombo dos Palmares.
A homenagem a Zumbi foi mais do que justa, pois este personagem histórico representou a luta do negro contra a escravidão, no período do Brasil Colonial. Ele morreu em combate, defendendo seu povo e sua comunidade. Os quilombos representavam uma resistência ao sistema escravista e também uma forma coletiva de manutenção da cultura africana aqui no Brasil. Zumbi lutou até a morte por esta cultura e pela liberdade do seu povo.
A criação desta data foi importante, pois serve como um momento de conscientização e reflexão sobre a importância da cultura e do povo africano na formação da cultura nacional. Os negros africanos colaboraram muito, durante nossa história, nos aspectos políticos, sociais, gastronômicos e religiosos de nosso país. É um dia que devemos comemorar nas escolas, nos espaços culturais e em outros locais, valorizando a cultura afro-brasileira. 
 
Os negros sempre resistiram e lutaram contra a opressão e as injustiças advindas da escravidão e uma destas lutas é buscar a valorização dos heróis de sua história. 

“Nós negros também merecemos ter nossos heróis e destaques valorizados em nossa história, além de homens como Zumbi, os abolicionistas André Rebouças, José do Patrocínio e Luiz Gama, os escritores Machado de Assis, Carolina de Jesus, as guerreiras temos Dandara de Palmares, Tereza de Benguele, Luisa Mahin, nomes que são grandes referências e orgulho”.

RESISTÊNCIA E EMPODERAMENTO é o tema deste encontro onde se espera que a população compareça e conheça mais de perto um pouco da cultura negra!


Enviado por: Jesica Machado dos Santos


COMPARTILHAR

Comente, Compartilhe e Interaja em sua rede social


Postado por: Roseli Bernardo

Fotógrafa, blogueira, colunista e empresária.
Trabalha na internet com a administração de sites e redes sociais da área da Psicologia, entretenimento, Literatura, etc... É idealizadora e responsável por toda linha editorial do Marília em Destak.

comentários